0

Vinho do Porto, de Portugal para sua mesa

Um dos mais famosos vinhos de sobremesa mundo é o vinho do Porto, que é produzido na região do Douro em Portugal. Ele se destaca por uma série de características como alto teor alcoólico, doçura, cor e aroma que variam de acordo com os diferentes estilos desta bebida.

Há cerca de 300 anos os ingleses estavam em constante guerra com a França e a partir de 1703 deixaram de comprar os vinhos franceses e passaram a usar Portugal como seu principal fornecedor de vinho. Entretanto, o transporte era um processo complicado e que poderia estragar a bebida. Resolveram então acrescentar uma quantidade de pequena de aguardente para estabilizar o vinho. Esta ação fez com que a fermentação fosse interrompida, mantendo uma alta concentração de açúcar e deixando o vinho com uma alta graduação alcoólica.

Vinho do Porto - Separe sua taça para saborear esta maravilha

Vinho do Porto – Separe sua taça para saborear esta maravilha

Quais as classificações do vinho do Porto?

Mas você se engana se pensa que existe apenas uma classificação para os vinhos do Porto. Eles são subdivididos em inicialmente em dois grupos:

Vinhos do Porto envelhecidos em barris de madeira
Vinhos do Porto envelhecidos em garrafas

Mesmo com esta classificação, eles ainda apresentam outras subcategorias por tipo de uva (brancas e tintas), seleção das melhores uvas e armazenamento de cada vinho, tendo como resultado bebidas com características e sabores extraordinários.

Vinho do Porto Ruby

Esta é a classificação dos vinhos mais jovens e que tiveram de dois a três anos de contato com a madeira. São tradicionalmente simples, de corpo médio, densos e de cor vermelho rubi (daí vem o nome) escuro. Um vinho Porto Ruby é doce e com aromas intensos de frutas vermelhas como o morango.

Vinho do Porto Tawny

Igualmente jovem, o Porto Tawny passa o mesmo período que o Ruby em madeira, mas os produtores forçam o contato com o oxigênio que deixa o vinho com coloração alaranjada (tawny em inglês quer dizer ‘loiro’). O vinho do Porto Tawny tem seu processo de envelhecimento em pipas de 550 litros ou em barris de madeira. Ele é também doce, mas os aromas mudam para frutas negras em compota e caramelo.

Vinho do Porto Reserva

Feitos nas versões Ruby e Tawny, mas em quantidades menores (cerca de 1% da produção). O Ruby Reserva é produzido a partir de uvas cuidadosamente selecionadas, com sabor mais intenso e complexo e uma qualidade superior ao tradicional. Existe também o Tawny Reserva, com aroma mais amadeirado, resultante do processo de envelhecimento em madeira por cerca de 7 anos.

Vinho do Porto Branco

Para completar, tem o Porto branco, jovem, com envelhecimento de dois a três anos, diferente na sua cor e doçura dos demais. São vinhos subdivididos em duas categorias: Lágrima, extremamente doce, e Porto Branco, e que pode ser servido como aperitivo antes das refeições.

Vinho do Porto Vintage

É o auge dos vinhos do Porto. Feito somente em safras de excepcional qualidade e com as melhores uvas do vinhedo. Ele fica somente 2-3 anos em madeira e o real enriquecimento vem com o envelhecimento em garrafa que pode durar décadas. Os Porto Vintage 2011 são os de maior destaque dos últimos anos.

Agora que você já entende sobre as classificações dos clássicos vinhos do Porto, leia também:

Confira nossas sugestões de vinhos do Porto para você apreciar:

  • Porto Ruby – Sandeman Ruby
  • Porto Tawny – Sandeman Tawny
  • Porto Reserva – Sandeman Founder’s Reserve
  • Porto Vintage – Sademan Vintage 2011

Vinho Tratado com Respeito

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *