0

Como ser um Especialista em vinhos?

Especialista em vinhos
Especialista em vinhos

Especialista em vinhos

Nos dois últimos posts tratamos das duas funções mais conhecidas no mundo do vinho: o enólogo e o sommelier. Porém, por vezes, nos deparamos com o termo Especialista em vinhos que gera certa confusão nas pessoas, pois dá a impressão que se trata do mesmo profissional que um enólogo ou sommelier.

Afinal, o que faz um Especialista em vinhos?

O primeiro ponto a ser esclarecido é que Especialista em vinhos não é uma função e sim uma certificação ou alguém que tem profundo conhecimento sobre este assunto.

O segundo ponto é que a pessoa que tem esta certificação ou conhecimento atua nas mais diversas atividades do mercado de vinhos que, em geral, fogem das funções de enólogo e sommelier. Cabe um parêntese aqui para dizer que é possível ter sommeliers e enólogos que também são especialistas, porém não necessariamente funciona assim.

Vinhos em promoção

As colocações mais comuns para tais profissionais envolvem a área técnica – que realiza a busca e análise de produtos para ingressar o portfólio das importadoras e lojas, desenvolve conteúdo técnico e dá treinamentos para equipes – área de marketing/comunicação, área comercial ou de importação. Atuar na área educacional é comum também para o Especialista em vinhos, já que o seu conhecimento irá ajudar a formar novos profissionais.

Um dos institutos mais conceituados internacionalmente a conferir o título de Especialista em vinhos é o britânico Wine & Spirits Education Trust (WSET) que tem seus cursos de níveis Iniciante, Intermediário e Avançado disponíveis no Brasil através das escolas Eno Cultura e The Wine School. O nível especialista conhecido como Diploma Level 4 pode ser realizado no exterior, sendo Londres sua sede, ou por conteúdo online, porém, sempre no idioma inglês. Os temas estudados são Viticultura e Enologia, Negócio Mundial do Vinho e Mercado Britânico, Vinhos do Mundo, Vinhos Fortificados, Vinhos Espumantes e Destilados. Somente após passar nas provas tanto teóricas como de degustação destas seis unidades é que o aluno se torna Especialista em vinhos e recebe o direito de usar as letras DipWSET após o seu nome. Hoje o WSET conta com cerca de 8500 ‘diplomados’, havendo 8 aqui no Brasil: Bernardo Silveira DipWSET, Bianca Veratti DipWSET, Paulo Brammer DipWSET, Thiago Mendes DipWSET, Guilherme Corrêa DipWSET, Dr. Tufi Meyer DipWSET, Elcio Giusti DipWSET e Alessandra Esteves MAE DipWSET.

O Diploma é considerado o pré-requisito para ingressar nos estudos do Master of Wine, sendo este o degrau máximo nos estudos do vinho e que confere certificação de Mestre àqueles que conseguem passar em todas as provas e uma pesquisa original feita pelo aluno. Este é um feito que conta com somente um brasileiro – Dirceu Vianna Junior MW – e 341 Masters of Wine no mundo inteiro.

Jorge Lucki é um dos mais respeitados especialistas em vinho do Brasil, porém, seu caminho foi alcançado através de estudo autodidata iniciado em 1975. A partir daí realiza ininterruptamente viagens às principais regiões vitivinícolas, além de cursos em institutos renomados como o Instituto de Enologia de Bordeaux e o Comitê Interprofissionel de la Bourgogne. Hoje é o único brasileiro a fazer parte da Academia Internacional do Vinho que conta com somente 70 membros – entre eles nomes ilustres como Angelo Gaja, Steven Spurier e Serena Sutcliffe MW – e somente pode ingressar através de indicação de um membro da Academia.

Seja o caminho através de um instituto como o WSET ou autodidata, para atingir o nível de especialista em vinho envolve muito estudo, dedicação e atualização constante, afinal o mundo do vinho está sempre em constante transformação.

Bianca Veratti DipWSET

Que tal conferir nossa seleção de vinhos de grandes produtores mundiais: